[Valid RSS] Patinhas na Web: Dezembro 2014

28 de dezembro de 2014

Pink, uma shytzu muito fofinha...

Pink com 50 dias. 
Ela foi a primeira peludinha que peguei para ser minha companheirinha. Era uma bolinha de pelos aruivados e brancos com mesclas negras. Foi paixão à primeira vista.


Cheia de personalidade, logo demonstrou que não gostava que a segurasse, abraçasse e pusessem  no colo, rosnava e esperneava. Agrados somente sem pegações. Tal comportamento era frustrante para mim, pois desejava uma cadelinha que apreciasse ficar no colinho. Fazer o quê? 


A carinha de zangada mostra bem que está incomodada por ser segura pela patinha. 


Tanta fofurice dava mesmo vontade de pôr no braço, fazer carinho e muitos agradinhos.


                   Minha bebezinha rabugentinha e mal humorada... 



17 de dezembro de 2014

Um jeitinho curioso de dormir...


A minha cadelinha Pituxa dormia de barriga para cima quando era ainda um baby? Eu achava uma fofurice gostosa de ver. Pink nunca dormia assim.


Não há estatísticas sólidas que reflitam a incidência de cachorros que gostam de dormir com a barriga para cima, mas uma pesquisa informal com donos de cachorros sugere que 5 a 10 por cento dos cachorros dormem com a barriga para cima frequentemente.
Esses números são apenas para pets. Talvez sem grandes surpresas, dormir com a barriga para cima não é um comportamento comum entre caninos selvagens. A sua preocupação com a segurança é a causa provável por sua falta de vontade de deixar tudo à mostra. Afinal, oferecer sua barriga macia quando se está na posição mais vulnerável não está na lista de interesses de um predador – e em sua natureza.


E isso pode ajudar a explicar porque alguns cachorros estão mais dispostos a dormir com a barriga virada para cima do que outros. Aparentemente, cachorros mais relaxados são mais vistos possuindo o hábito de dormir com a barriga para cima – os cachorros que seriam mais distantes em temperamento de seus primos selvagens. 

Pituxa com 1 ano e meio
Claro, há muito a ser dito no papel da socialização. Cachorros que possuem o hábito tendem a ser indivíduos seguros e bem socializados que gostam da segurança, estabilidade e conforto de seu lar.
Parece que essa posição favorita é uma preferência, acima de tudo.


Pituxa só me dá amor, alegria e muita companhia. É mansinha e calminha, adora colinho e dormir em minha cama.
É meu eterno bebezinho.

14 de dezembro de 2014

Eles são muito dignos de serem amados por nós.

Lulu da Pomerânea
A criação desse blog, dedicado às minhas três cadelinhas, deve-se ao meu desejo de ter suas fotos reunidas em um espaço somente delas, fatos ocorridos com elas, nossos momentos de alegria, vividos ao longo do tempo maravilhoso que temos vivido juntas.

Por outro lado, quero compartilhar com outras pessoas que amam os bichos o meu amor pelos animais.
Esses bichinhos nem sempre recebem o amor e os cuidados que merecem, muitos são cruelmente maltratados, abandonados e desprezados pelos seus donos, deixados na rua sem amparo e expostos a maldade das pessoas indiferentes para o fato de que eles sofrem e sentem como nós, que não têm como pedir alimentos e água. 

Na velhice, é quando mais precisam de seus donos e, é quando muitos são abandonados, porque dão trabalho, não são mais bonitinhos como quando eram mais novos. No entanto, eles amam e são fiéis a esses mesmos donos cruéis que os abandonam. 

Bichon Frisée
Sinto imensa pena dos cães de rua, magros, sofridos, maltratados e abandonados. Esses das fotos acima são muito fáceis de amar. São lindos e fofinhos. Difícil é ver os feiosos e maltratados cães de rua serem amados, ou, pelo menos, respeitados.